sexta-feira, 25 de junho de 2010

Ler


Uma família indo-portuguesa. Um século de história. Quatro gerações que evocam 450 anos de aventura mítica, nos quais a Índia longínqua era portuguesa. Em pano de fundo, a partida, o acaso e a sorte de quem se vê constantemente obrigado a fazer as malas, o desenraizamento, a inquietação, o inesperado, a imprevisibilidade dos destinos que se cruzam. A imagem dada pelo título é elucidativa: uma casa em movimento. Uma beleza poética singular. Uma verdadeira revelação.


Raquel Ochoa, gradiva publicações

2 comentários:

  1. Vou anotar este. Aposto pelo teu critério. (E obrigada.

    ResponderEliminar
  2. Vais gostar...sempre que descobrires algo de bom, avisa...

    ResponderEliminar